MCA Group moderniza linha ferroviária do Oeste

O MCA Group vai iniciar a modernização do troço ferroviário entre as estações de Mira Sintra-Meleças e Torres Vedras.

Trata-se de uma extensão de mais de 43 km, num total de seis estações, cinco apeadeiros, quatro túneis, pontes e pontões, viadutos, passagens superiores rodoviárias, passagens superiores pedonais, passagens inferiores e cerca de 150 passagens hidráulicas.

Esta obra, a ser executada em consórcio com outras entidades, insere-se no projeto das Infraestruturas de Portugal, o programa Ferrovia 2020 para a modernização da Linha do Oeste e tem como principais objetivos a melhoria da eficiência e competitividade do sistema ferroviário, através do aumento da capacidade, segurança e fiabilidade da exploração e pela redução dos tempos de trajeto.

As intervenções consistem essencialmente na duplicação da via em dois troços, retificação de curvas e eletrificação desta mesma via. Para o efeito, os trabalhos incluem a construção de muros de suporte numa extensão de 2.991,63 metros, estabilização de taludes, instalação de infraestruturas necessárias à sinalização eletrónica e telecomunicações, intervenções nos cais de passageiros das estações e apeadeiros, entre outros.

A execução da obra não vai obrigar à interrupção do serviço ferroviário, pois será feita em várias fases. A única exceção é a interdição total da circulação, devido ao rebaixamento do túnel da Sapataria, que impedirá a ligação direta entre o norte e o sul, desse mesmo túnel, durante quatro meses.

Mais uma obra com a marca MCA Group, que continua a apostar na modernização, sempre com vontade de “ir mais além”.